ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Município

MOBILIDADE: Segundo Detran-PR, Mandaguari já tem quase 25 mil veículos

Segunda-feira, 28 de janeiro de 2019


Segundo levantamento efetuado no site do Detran-PR pelo Departamento de Comunicação da Prefeitura de Mandaguari, em dezembro o município possuía 24.256 veículos devidamente registrado no órgão. Em 2007, quando o levantamento começou a ser divulgado, eram 11.161 veículos. Em 11 anos a frota aumentou em 13.195 veículos.

         Como o número de veículos mais que dobrou em 11 anos e levando-se em conta que poucas foram as mudanças planejadas no sistema viário, o Plano de Mobilidade Urbana, que está sendo elaborado paralelamente a revisão do Plano Diretor, se torna de suma importância para buscar soluções para os problemas do trânsito como um todo na cidade de Mandaguari.

         Ainda de acordo com os números do Detran-PR, dos 24.356 veículos, 13.134 são automóveis de passeio; 900 caminhões e 4.075 motocicletas e 2.868 camionetas. Os demais são tratores, reboques e outras categorias.

         Para se ter uma ideia do ritmo acelerado do crescimento da frota em Mandaguari, em um ano, entre janeiro e dezembro de 2018, pouco mais de mil veículos foram registrados no Detran-PR. Se manter esse crescimento, em 10 anos ao frota deverá chegar a 34 mil veículos, o mesmo número de habitantes de hoje no município, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

MOBILIDADE - O Plano de Mobilidade, que está sendo elaborado pela Prefeitura de Mandaguari em parceria com a Funpar (Fundação da Universidade Federal do Paraná), é uma exigência do Ministério das Cidades e neste estudo, é necessário apontar soluções para a mobilidade urbana, integrando todos os diferentes modais existentes. Os princípios estabelecidos na Política Nacional de Mobilidade Urbana envolvem a necessidade de oferecer acessibilidade universal (qualquer cidadão poderá usufruir dos meios de transporte), o desenvolvimento sustentável das cidades, a eficiência e a efetividade na prestação dos serviços de transporte público, a gestão democrática e o controle social da política, a segurança no deslocamento das pessoas e a equidade no uso das vias.

Dentro desses princípios, os municípios deverão integrar o Plano de Mobilidade Urbana com a política de desenvolvimento urbano local, que envolve habitação, saneamento básico, planejamento e gestão do uso do solo.

Fonte: Mobilidade

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Horário de atendimento: das 7h30 às 11h30 e 13 às 17h

Última Atualização do site:   24/11/2020 17:51:19