ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Todas as Unidades Básicas de Saúde estarão abertas neste sábado para Dia D contra o Sarampo

Sexta-feira, 18 de outubro de 2019


Seguindo o calendário nacional do Ministério da Saúde, a Vigilância Epidemiológica de Mandaguari intensificou a vacinação contra o Sarampo e realiza neste sábado, dia 19, das 8h30 às 16h30, o DIA D de Vacinação para crianças de 6 meses a 5 anos incompletos. Para atender o público alvo da campanha todas as Unidade Básicas de Saúde estarão abertas.

 

O Dia D é especialmente importante porque, até o momento, a taxa de vacinação está baixíssima em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil acumula 13 mortes em decorrência da doença, sendo que sete ocorreram em menores de 5 anos. Entre os óbitos, apenas um paciente estava previamente imunizado.

 

A secretária interina de Saúde, Deise Vernillo, reforça a importância dos pais levarem seus filhos para vacinar. “É importante que os pais cumpram seus papéis e protejam seus filhos de uma doença altamente contagiosa e que pode matar. Por isso, convocamos todos os pais ou responsáveis por crianças que procurem a Unidade de Saúde mais próxima de suas residências e levem os filhos com a carteirinhas”.

 

A segunda fase da campanha começa no dia 18 de novembro e se concentra nos brasileiros de 20 a 29 anos. É um subgrupo da população com menores taxas de vacinação.

 

SAIBA O MAIS SOBRE O SARAMPO:

O Sarampo é uma doença infecciosa viral aguda, potencialmente grave, de transmissão aérea, extremamente contagiosa, com risco de complicações graves como panencefalite, meningite, miocardite, nefrite, pneumonites, entre outras.

 

Os primeiros sinais e sintomas são a febre alta (acima de 38,5ºC), tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite e manchas de Koplik (pequenos pontos brancos em mucosa oral). Cerca de dois a quatro dias depois do surgimento dos sintomas aparece a lesão característica do sarampo: o exantema cutâneo maculopapular. O exantema é de coloração vermelha, inicia-se na face, geralmente na região retroauricular, chegando ao auge 2 a 3 dias depois do seu início, quando se estende pelo tronco e membros; às vezes as lesões são confluentes, ou seja, tendem a convergir para a face e o tronco.

 

Para prevenir mantenha a carteira vacinal atualizada, a vacina é a principal forma de prevenção, cuidados especiais com a higiene ajudam a controlar o contágio e a evolução da doença, evitar aglomerações ou locais pouco ventilados,  cobrir nariz e boca quando espirrar e tossir, utilizando lenço descartável ou a parte interna do braço, e não as mãos, lavar com frequência o rosto e as mãos com água e sabão, principalmente após tossir ou espirrar, uma vez que estes são veículos importantes para a transmissão do sarampo e não compartilhar copos, talheres, maquiagem e alimentos.

 

Não existe tratamento específico para a infecção por sarampo. O tratamento com antibiótico é contraindicado, exceto se houver indicação médica devida à ocorrência de infecções secundárias. Em caso de suspeitas procure um médico.

 

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Horário de atendimento: das 7h30 às 11h30 e 13 às 17h

Última Atualização do site:   06/12/2019 20:03:53