ÚLTIMAS NOTÍCIAS /

Quase 60% da merenda escolar de Mandaguari vem da agricultura familiar

Terça-feira, 11 de fevereiro de 2020


Conforme determinação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), 30% da merenda escolar precisa ser destinada pela agricultura familiar. Em Mandaguari, a Prefeitura, através da Secretaria de Educação vem aumentando a cada ano este percentual e, em 2019, 56,9% da merenda fornecida aos mais de 3 mil alunos dos 16 estabelecimento da Rede Municipal de Ensino foram adquiridos de cooperativas de agricultores familiares.

 

Em 2013, segundo levantamento da pasta, eram adquiridos cerca de 30% da merenda dos produtores familiares, repetindo-se o mesmo percentual em 2014. A partir de então, sempre com o objetivo de atender o programa e valorizar os produtores do município, a Prefeitura vem firmando parcerias com as cooperativas locais e regionais de produtores. Eles participam de um chamamento público, enviam propostas, e os mais e, os aptos a oferecer maior qualidade e agilidade são selecionados para fornecerem os alimentos. Isso garante geração de renda e contribui para o valor adicionado da agricultura. Os produtores fornecem frutas, verduras, legumes e leite.

 

Com isso, a evolução ficou evidente e, em 2015 o percentual passou de 28,4%, para 31,4% em 2016, 45,7% em 2017, 48,5% em 2018 e 56,9% no ano passado.

 

A secretária de Educação do município, Adenise Batista Rodrigues disse que o programa gera um ciclo de benefícios para toda a população. “O dinheiro fica no próprio município, gerando uma cadeia econômica que valorizara os agricultores familiares e os incentiva a investir em qualidade de fabricação e processos, como produtos orgânicos que são recomendados pelo FNDE”, comenta.

 

Para o prefeito Romualdo Batista, “a compra das frutas e verduras frescas direto dos agricultores familiares garante mais praticidade e qualidade no preparo dos alimentos. Como a logística é feita toda no território municipal, os produtos não necessitam ficar por horas dentro de veículos de transporte, o que favorece também, a troca de alimentos que por ventura não atenderem os padrões de qualidade exigidos pela Secretaria Municipal de Educação”.

 

Os alimentos ofertados seguem todos os critérios do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e leva em consideração os hábitos alimentares e cultura regional, com alimentos oriundos da agricultura familiar superando os 30% dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE para aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar.

 

NUTRICIONISTA

Todas as aquisições são acompanhadas por uma nutricionista, Priscila Azevedo de Mattos, que acompanha todo o processo. A nutricionista tem um papel fundamental na alimentação escolar atuando no planejamento, elaboração, acompanhamento e avaliação do cardápio ofertado, supervisão de compras, armazenamento, produção e distribuição dos alimentos, zelando pela quantidade e qualidade dos alimentos e observando as boas práticas de higiene, educação e avaliação nutricional e capacitação de manipuladores.

 

O cardápio ofertado segue as recomendações do PNAE, atendendo as necessidades nutricionais dos alunos, priorizando os hábitos regionais com alimentos saudáveis.

 Galeria de Fotos

 Outras Notícias

Horário de atendimento: das 7h30 às 11h30 e 13 às 17h

Última Atualização do site:   08/04/2020 12:38:03