CIDADE

Mandaguari é a 3ª cidade da região em desenvolvimento sustentável

Terça-feira, 12 de julho de 2022

Índice avalia 5.570 cidades em todo o Brasil


Ouvir matéria

Mandaguari alcançou a 3ª colocação entre as cidades da região da Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep), no ranking que mede o desenvolvimento sustentável dos 5.570 municípios do Brasil. O ranking é elaborado pelo Instituto Cidades Sustentáveis (ICS), com base na avaliação de metas e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para a agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

A pontuação de Mandaguari chegou a 56,29, atrás, na região, apenas de São Jorge do Ivaí (62,23) e Maringá (102). Conforme o Índice de Desenvolvimento Sustentável das Cidades – Brasil (IDSC-Br), Mandaguari está entre as 500 cidades mais desenvolvidas de todo o País.

RANKING NACIONAL – Na 469ª posição, Mandaguari está atrás de Foz do Iguaçu (468ª posição) e à frente da cidade paulista Sebastianópolis do Sul (470ª posição).

Para a prefeita Ivonéia Furtado, o resultado evidencia que Mandaguari está cumprindo uma série de objetivos da ODS. “Um dos destaques da avaliação foi em relação ao objetivo número 9 da ODS: ‘Indústria, Inovação e Infraestruturas’. Nossa nota comprova que promovemos a industrialização inclusiva e sustentável, sempre investindo e incentivando a inovação”.

Segundo  a chefe do Poder Executivo, a Administração Municipal está determinada a melhorar, ainda mais, a posição do município. “Vamos atuar com planejamento e rigor para que Mandaguari seja um exemplo para as cidades vizinhas, e para que consigamos transformar a cidade num município ainda melhor para as futuras gerações.”

Lançado na última sexta (8), o ranking permite a comparação entre cidades, estados e regiões. O mapa interativo pode ser acessado gratuitamente via internet. O indicador é uma iniciativa do Instituto Cidades Sustentáveis, no âmbito do Programa Cidades Sustentáveis, e conta com apoio do Projeto Citinova, do Ministério de Ciência e Tecnologia, Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF na sigla em inglês).

O IDSC-BR é uma ferramenta para conscientizar a sociedade e orientar a ação política municipal, estadual e federal, contribuindo para uma visão integrada dos desafios da cidade e a identificação de temas prioritários para ações e investimentos.

Confira abaixo o índice nacional de desenvolvimento sustentável das cidades da região da Amusep: 

SÃO JORGE DO IVAÍ: 29ª posição
MARINGÁ: 102ª posição
MANDAGUARI: 469ª posição
FLORAÍ: 585ª posição
MARIALVA: 603ª posição
LOBATO: 620ª posição
ITAMBÉ: 626ª posição
PAIÇANDU: 816ª posição
ASTORGA: 853ª posição
FLÓRIDA: 866ª posição
COLORADO: 913ª posição
NOVA ESPERANÇA: 1.115ª posição
ATALAIA: 1.275ª posição
MUNHOZ DE MELLO: 1.299ª posição
SANTO INÁCIO: 1.322ª posição
PARANACITY: 1.393ª posição
FLORESTA: 1.400ª posição
IVATUBA: 1.444ª posição
SANTA FÉ: 1.523ª posição
MANDAGUAÇU: 1.536ª posição
OURIZONA: 1.626ª posição
DOUTOR CAMARGO: 1.672ª posição
IGUARAÇU: 1.689ª posição
PRESIDENTE CASTELO BRANCO: 2.129ª posição
UNIFLOR: 2.131ª posição
SARANDI: 2.286ª posição
ÂNGULO: 2.391ª posição
SANTA INÊS: 2.412ª posição
ITAGUAJÉ: 3.639ª posição 
NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS: 4.156ª posição

Acompanhe o trabalho da Prefeitura em:
www.facebook.com/prefeiturademandaguari e www.instagram.com/prefmandaguari
 

Fonte: Comunicação Social da Prefeitura de Mandaguari

Mandaguari é a 3ª cidade da região em desenvolvimento sustentável Crédito: Comunicação Social da Prefeitura de Mandaguari
Legenda:

 Galeria de Fotos

 Veja Também

Horário de atendimento: das 7h30 às 11h30 e 13 às 17h

Última Atualização do site:   26/09/2022 10:56:53