SAÚDE

Agentes encontram focos de mosquito da dengue no Cemitério de Mandaguari

Sexta-feira, 20 de janeiro de 2023

Vigilância Sanitária reforça pedido para que moradores colaborem no combate ao Aedes aegypti


Ouvir matéria

Agentes de combate a endemias realizaram uma busca de larvas do mosquito da dengue no Cemitério Municipal de Mandaguari, na quarta (18). Com a ação, foram identificados e eliminados 16 focos de larvas do Aedes aegypti. As inspeções no local são feitas quinzenalmente para evitar infestação de mosquitos.

A maioria dos focos foi encontrada em vasos de plantas, sobre as sepulturas, em alguns túmulos. “É preciso que os moradores abram a boca de saída de água de alguns jazigos em que o telhado não é externo, que é interno e feito com laje: com a chuva, isso se torna um foco da dengue. Em relação aos vasos, é importante que os moradores furem esses objetos para a água poder sair ou, então, que usem vasos cheios de areia para a água poder transbordar e não permanecer ali parada”, afirma o chefe da Vigilância Sanitária, Adriano Borges. 

BOLETIM – De acordo com o mais recente balanço da dengue, divulgado nesta semana pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Mandaguari possui 6 casos confirmados da doença e 81 notificações. 
Os números do boletim estão dentro do atual período epidemiológico, que teve início no mês de agosto e segue até julho deste ano.

Os casos confirmados, até o momento, são considerados leves e são de dengue autóctone, ou seja, contraída na própria região. “Precisamos da população engajada na luta contra o mosquito da dengue, eliminando água em ambientes de uso comum”, reforça Borges. 

Acompanhe o trabalho da Prefeitura em: 
www.facebook.com/prefeiturademandaguari e www.instagram.com/prefmandaguari 

 

Fonte: Comunicação Social da Prefeitura de Mandaguari

 Galeria de Fotos

 Veja Também

Horário de atendimento: das 7h30 às 11h30 e 13 às 17h

Última Atualização do site:   27/01/2023 08:08:47